>
Naruto RPGAkatsukiNão é o único, mas simplesmente o melhor!
Arco 11:
Reino de Lilith: PesadeloAno: 71DG
Após uma dura jornada, Shaka finalmente caiu e teve a maldição retirada de seu coração. No entanto, os problemas trazidos pela família Hattori não se extinguiram. Shion revelou ter ajudado a libertar Lilith, uma monarca da dimensão infernal, que agora está possuindo o corpo de Hyuga Katsura e libertando uma horda de seres infernais contra este mundo. O mundo corre risco de ser consumido pela maldade dessa criatura, mas não se o plano de Shion der certo: forçar Lilith a causar um evento chamado de O Grande Eclipse, onde as portas de todos os mundos e dimensões ficarão abertas, e assim permitir a ele ir ao submundo resgatar sua amada Katsura Grey para finalmente selar Lilith.
Sumário
Mapa
Staff
Discord
Facebook
Contos
Estação: Verão

Deca
Deca
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

[FILLERS] Deca - em 14/7/2016, 21:48

-

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
-
Deca
Deca
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 14/7/2016, 21:53


[FILLER ESPECIAL]

Jashin-sama deve estar triste. Comentava Akuma, no subconsciente.
- Porque diz isso? - perguntei.
Quanto tempo não fazemos um sacrifício descente para Jashin-sama? Ele vai acabar nos punindo por isso.
- Verdade, não havia pensado nisso.

Com essa conversa em mente, pude pensar no que estava acontecendo. Desde que me graduara como genin, as missões não paravam, nem os treinos, nem os problemas. A verdade era que não fazia um sacrifício a muito tempo e precisava resolver isso. Talvez… sacrifício em massa?! Para poder ficar um tempo focado na vila e nas missões? Hum… boa, Zero.
O idiota agora fala com ele mesmo? Bom, a ideia é boa. Comentava Akuma, ouvindo as ideias.
- Conversar com você não é o mesmo que conversar comigo mesmo?! Ok, começaremos com isso. - finalizava a conversa.



Demorou muito tempo para conseguir convencer a louca da Mizukage de que precisava fazer aquilo. Só consegui a convencer quando aceitei direcionar meus sacrifícios a um local específico: o País do Fogo.
Quando finalmente parti, me dirigi para uma ilha pertencente ao país do fogo, um vilarejo de fácil acesso e sem muitos problemas.
[…]
Claro que não chegaria matando todo mundo: eles que eram o sacrifício, não eu. Assim sendo, quando cheguei a ilha, me mantive escondido, observando a todos. Observando a rotina, finalmente comecei a agira. Até então, três meses já haviam se passado e, aos poucos, comecei os sacrifícios.

Infelizmente, quando o povo daquela pequena ilha começou a se apavorar demais, eles pediram ajuda. Mercenários. Sério, mercenários.
Não gostava daquilo, então foi sacrificando um mercenário por vez. Seres patéticos que qualquer estudante da academia poderia eliminar.
Quando, finalmente, restava poucos mercenários, fui surpreendido pelo líder deles, que possuía certo conhecimento ninja. Nunca imaginei que precisaria fugir, mais tive que usar do Kirigakure no Jutsu para me afastar, momentaneamente. Acabei me refugiando em um templo da ilha, lugar muito movimentado, por isso tive que me esconder o mais furtivamente possível. Em uma dessas vezes, descobri uma entrada secreta, que dava no subsolo. Lá encontrei diversos pergaminhos, muitos deles voltado aos deuses que eles serviam. Um me interessou o bastante, pois possuía uma técnica ninja que me ajudaria a fugir dali.

Passei por um treinamento demorado, comendo o que os fiéis davam de sacrifício para seus deuses – afinal, não serviria para nada mesmo. Demorou mais do que esperava, falhei mais vezes do que estava acostumado, mais logo consegui utilizar a técnica para sair dali. Quase um ano longe de casa. Já estava mais que disposto de exterminar todo aquele povo, mais ainda não estava devidamente preparado, precisava treinar.

Durante o treinamento, me afastei do vilarejo, focando em tentar aumentar meu chakra, para poder usar mais técnicas e, consequentemente, me livrar daquele cara. O treinamento foi simples, tratava de usar o máximo de técnicas possíveis, chegando a exaustão facilmente todos os dias. Durante o treinamento, tratei de invocar o Kirigakure no Jutsu por toda a ilha que, graças ao seu tamanho, era facilmente tomada por toda a névoa.
Mantendo a névoa sobre a ilha e me mantendo escondido graças a nova técnica, podia treinar e descansar. Até finalmente voltar a agir. Passados um ano e dois meses, voltei aos sacrifícios e, em muito pouco tempo, o que havia sobrado do vilarejo foi reduzido a metade e os mercenários, que haviam  sido reforçados, foram aos poucos sendo exterminados. O líder foi o problema, mais com um pouco de estratégia consegui enfrentá-lo. Primeiro tratei de tornar a névoa já densa mais densa ainda e entrei na terra. Achando meu alvo, mais me mantendo oculto, me preparei. Quando ele finalmente dormiu, lancei uma shuriken em si, que passou de raspão pelo seu corpo e, quando ele acordou, eu já estava novamente escondido e a shuriken, presa na parede com um pouco de seu sangue. Me movi até a shuriken, sai da parede, mais mantive-me camuflado, assim tendo tempo suficiente para lamber o sangue presente na shuriken. Quanto ao líder dos mercenários, havia saído do quarto para tentar me encontrar e, quando retornou, eu já estava com a maldição preparada para ele e só bastou perfurar meu coração para que ele caísse, morto. Mais fácil do que esperava, na verdade.
Depois de matá-lo, exterminar o resto do vilarejo foi fácil, mesmo aqueles que tentaram, inutilmente, fugir.
Quando, finalmente, voltei para casa, já haviam se passado vinte meses. Assim, reportei todo o ocorrido a Mizukage, que ficou feliz com os resultados, embora a longa demora e, assim, voltei a minha chata rotina.


E pensar que já se passaram dois anos desde que sai.

Notas:
» Variei bastante entre as personalidades, mais decidi não citar, senão ficaria maior ainda. Técnica aprendida:

Hiding in Surface Technique
Rank: C
Descrição: Após tocar em um local em específico, o usuário pode adentrar nele e/ou camuflar-se de acordo com a cor que aquele local concede. Os usuários dessa técnica também apresentaram a capacidade de imunidade a qualquer ataque quando em utilização. Enquanto unido ao ambiente, também é possível desferir ataques surpresa contra seu adversário.

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
-
Knox
Genin
Knox
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 15/7/2016, 22:44

Originalidade: 7/10
Gramática: 8/10
Fluidez: 10/10
Interpretação: 8/10
Treinamento: 7/10
Total: 40/50
Atributo: Obtido.
Aprendizado:Aprovado

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr-nangtkMhiB1s74qeso1-500-akira-mado-39833830-500-198
-
Deca
Deca
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 23/7/2016, 21:31


[FILLERS] Deca 687474703a2f2f33332e6d656469612e74756d626c722e636f6d2f62353766303530353930393661316135666638313333363539373862326231362f74756d626c725f6e6b6e6c62645862644431746a72676b356f315f3530302e676966?s=fit&h=360&w=360&q=80

Um treinamento precisava ser feito, precisava testar minha nova arma. Já fora tão complicado consegui-la, não saber manejá-la seria cômico, também. Posicionando-me onde devia, combinei com Akuma o que faríamos. A ideia era simples: usar clones para melhorar o manejo.

Me vestindo adequadamente, posicionando minhas armas, sai de casa após tomar meu café da manha e sai para um campo de treinamento. O campo, na beira de um lago, era perfeito para aquilo. Aproveitando-me da pouca névoa, criei os clones e nos posicionamos.

Estava cercado, tendo os clones a cerca de 4 metros de mim. Todos estavam sob “controle” de Akuma, para que eu não tivesse muita ideia do que seria feito e, assim, começamos o treino, eu com Thanatos e os clones com Kusarigamas clonadas.

A situação não era favorável: por mais que os clones só tivessem parte de meu poder, eles ainda eram muitos e estavam no controle do sádico do Akuma, o que era vantagem suficiente. Enviei meu chakra para a arma, modificando suas pontas de lugar para ganhar a forma de foice de quatro lâminas e, assim, envolvi tudo em chakra. Com um simples movimento circular, pude interromper o avanço dos clones e eles recuaram. Entravamos em um impasse, precisariam se aproximar para atacar, mais minha arma não permitiria. Ninguém disse que eu não podia atacar.

Correndo em direção a dois clones que estavam próximos o suficiente um do outro para serem acertados pelo balançar da foice, chegando na distância certa enquanto eles se aproximavam, manipulei-a para tentar acertar os dois em um movimento de meia lua. O primeiro clone alvo tentou defende-la, mas sem sucesso, a lâmina de chakra passou pela kurasigama e cortou o clone ao meio, porém o pequeno atraso que a arma obteve foi o suficiente para que o segundo clone se aproximasse, me perfurando no coração e tentando me prender com a corrente.
— Um ponto para mim. Vamos, Zero, você consegue fazer melhor que isso. - o puto do Akuma era irritante, mesmo através de clones.

Felizmente, antes que a corrente me pegasse, consegui me afastar, me libertando da lâmina que perfurava meu coração. — Cara, isso dói. - reclamei com o puto que queria me matar - como se isso fosse possível, pensei.
Me afastar da kusarigama que me perfurava me enviou para o clone que vinha das minhas costas, mas, felizmente, consegui pensar mais rápido do que anteriormente e logo enviei o chakra para Thanatos, rearrumando suas pontas para se unirem e formarem uma espécie de lança e, com isso, me virei para o clone que já estava bem próximo e o perfurei, destruindo-o.
— Dois a um, idiota com vantagem numérica. - disse aos Akumas presentes nos clones restantes, tentando tirá-los do sério.
— Sério?! Graaaande vantagem, 5 clones com 10% do poder original. - replicou um dos clones.
— Com medinho?! - provoquei e investi novamente.

Dessa vez, voltando para o clone que me perfurou, não apontei a lança para ele, mais a usei como uma espada, tentando cortá-lo assim que cheguei a uma certa distância dele. Ele se esquivou, por pouco, mas não contava com a possibilidade de eu continuar girando e realizar um novo ataque, que o destruiu.

Enquanto girava, percebi claramente os outros dois clones se aproximando por trás e, investindo chakra na quinta ponta de Thanatos, a escorreguei por debaixo de meu braço, pegando de surpresa os clones que se aproximavam e atingindo um deles em cheio, em seguida continuando o movimento de corte, atingindo aquele que estava ao seu lado rapidamente, antes que esse me atingisse com aquele peso estúpido da kusarigama.

Isso foi roubo, me irritar não vale, idiota. Comentou Akuma, já em meu subconsciente.
— Estamos treinando batalha com clones, qualquer ação é válida em batalhas ninjas. E até que essa arma é bem útil, mas precisamos testá-la mais; mesmo eu já tendo aprendido o básico sobre ela, temos que nos acostumar com esse gasto constante de chakra.
Ah, claro, fugindo do assunto, então vamos de novo, dessa vez faça 10 clones, idiota.
E assim voltamos aquilo que seria um longo treino. Precisávamos ficar mais forte para poder servir direito a Jashin-sama, antes que ele se irritasse conosco.

Notas:
» Para quem não entendeu, Zero e Akuma são minhas personalidades múltiplas – sendo que Zero está no controle do corpo principal e Akuma em todos os clones, para poderem variar um pouco. O treino feito foi diretamente ligado a arma que criei recentemente e nunca usei, abaixo está a descrição, o treino de chakra está implícito, pois tanto os clones quando a arma requerem gasto de chakra e a arma ainda requer chakra constantemente e eu a usei na forma total e reposicionei as pontas algumas vezes, então..

Nesse final, a fala de Akuma foi para itálico, porque as “falas” dele são no subconsciente (como pensamentos) quando não está no controle do corpo ou falando através de clones.


[FILLERS] Deca Star_ocean__the_last_hope_art_26
Thanatos

Espécie: Incomum.
Rank: S
Descrição: Thanatos é uma arma singular feita exclusivamente para Zero e suas habilidades incomuns. Assemelha-se a um bastão, porém com uma peça usada em suas pontas. A peça possui cinco “pontas” semelhantes a pequenas lâminas, estando quatro ligadas a si e a última na outra ponta do bastão, todas essas pontas conduzindo chakra de forma única, assim como o próprio bastão.
O manejador de Thanatos é capaz de alterar o posicionamento das pontas, dependendo apenas de uma pequena parcela de chakra (5), além de poder fazer uma mudança manual. Dependendo do posicionamento dessas pontas e o chakra investido, a arma ganha novas "formas".
Quando o chakra chega à alguma ponta, ela se envole em chakra, ganhando uma espécie de "lâmina de chakra" três vezes maior que o tamanho original da ponta (cerca de 20 centímetros).

Gasto: gasta-se 10 de chakra para alcançar cada ponta ou 60 para todo o bastão, sendo que existe um gasto contínuo referente a metade do inicial.
Formas: formas únicas e que alterem a capacidade inicial (como aumentando o tamanho das lâminas) podem ser criadas, mas apenas através de jutsus.
Nota: a imagem serve de base, mas a arma em si possui cores e formas um pouco diferentes, sendo adaptado para o descrito acima (a arma é predominantemente preta, possuindo alguns detalhes em vermelho e branco; a cor do chakra também não se altera).

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
-
Knox
Genin
Knox
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 25/7/2016, 00:20

Lockhart escreveu:[post="/t48165-fillers-deca#291138"]
Originalidade: 8/10
Gramática: 8/10
Fluidez: 7/10
Interpretação: 8/10
Treinamento: 10/10
Total: 41 (40)/50
 

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr-nangtkMhiB1s74qeso1-500-akira-mado-39833830-500-198
-
Deca
Deca
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 30/7/2016, 20:53


[FILLERS] Deca 687474703a2f2f33332e6d656469612e74756d626c722e636f6d2f62353766303530353930393661316135666638313333363539373862326231362f74756d626c725f6e6b6e6c62645862644431746a72676b356f315f3530302e676966?s=fit&h=360&w=360&q=80

Visando novamente melhorar minhas habilidades, focava em controlar minhas habilidades com suiton. Indo para o campo de treinamento, buscava saber se ele estava realmente deserto e começava a treinar, iniciando pelo Mizu Bunshin e criando, assim, dez clones. Mantendo-me no original e Zero indo para os clones, começava a caçar, a me caçar, não sem antes usar o Kirigakure no Jutsu para acabar com a visão de todo mundo, isso não seria um treino de um lado só, os clones também teriam que fazê-lo.
Começando a tentar rastreá-los, foquei-me em ouvi-lo e tentar sentir a presença deles, o que não seria fácil.

— Ande logo e apareça, Zero. - gritava, tentando inutilmente irritá-lo. Não pareceu muito esperto o que fiz, prova disso foi o fato de eu ter entregado minha posição, recebendo um dragua de água em cheio, me mandando longe. — Isso dói, filho da p***. - Dizendo isso, fui em direção da onde o dragão havia vindo. Não demorou muito para conseguir ouvi-lo, mas se eu conseguía, ele também conseguiria. Ouvindo para onde ele ia, levantei uma parede de pedra ao seu redor, o cercando, saquei Thanatos e logo a envolvi em chakra, atacando com tudo que tinha, logo partindo o primeiro clone ao meio.

Aquela ação para destruir um clone fez outros três se aproveitarem da situação e me atacarem, recebendo vários ataques com correntes de três lados diferentes. Não era muito inteligente, já que eu descobria onde eles estavam, mas minhas mãos acabaram presas, incluindo Thanatos, o que complicava a libertação, ainda mais quando eles começaram a puxar. Foquei na terra, levantando três pequenos pedaços de terra e dando formato de agulhas para eles e enviando em direção da onde as correntes vinham, na maior força que poderia e, graças a isso, tudo ali virava água.

Livre de novo, me afastava daquele local, evitando outra emboscada. Tomando folego após toda aquela porrada, aumentava a densidade da névoa, focando em não ver absolutamente nada, pois agora só precisaria de meus ouvidos. Fechei os olhos e agi, avanando sobre meus clones. Encontrá-los mostrava ser algo difícil, mas, felizmente, o som emitido pelo meu corpo diminuía. Com tamanha dificuldade, comecei a fazer barulhos em pontos estratégicos, utilizando de diversas pequenas manipulações de terra, longe de mim. Quando, finalmente, ouvi algo, avancei, já cortando aquele que seria meu alvo e logo, ao sentir ele se desfazer em água, me afastava, para não receber outro ataque surpresa. Continuei assim, até restar somente três clones. Por mais que eles fossem clones, pareciam mais expertos que os anteriores. Demorou um pouco para encontrar um deles e ele tinha uma armadilha para mim – put*.

Nem percebi quando me vi cercado de terra. Desfazer aquilo foi fácil, mais fácil do que esperava, talvez fosse porque tinha outro dragão de água indo em minha direção e levando a parede de terra junto. Fui arrastado para longe e antes de me recuperar, percebi o barulho de correntes vindo em minha direção – aquelas kusarigamas eram chatas. Posicionei Thanatos na frente de meu corpo, para que a corrente se enrolasse ali e logo fiz o mesmo com a corrente que apareceu da direção oposta. Finquei Thanatos no chão, enquanto eles puxavam as correntes pelos lados opostos e, então, peguei a minha própria Kusarigama e usei sua foice na direção do primeiro clone e ele logo desapareceu, facilitando que o outro puxasse a corrente e, consequentemente, Thanatos. Como um reflexo, segurei Thanatos e a lancei na direção de onde vinha a corrente, seguindo-a. O clone logo se desfez e eu consegui pegar Thanatos novamente, enrolando a Kusarigama na cintura. Interessante, o que faría agora?! Comecei a fazer selos, pensando em algo e correndo, logo ouvi ele se aproximar por trás e, quando me virei, já estava pronto e lancei o grande dragão de água com a água que criei – só pude perceber que o clone se aproximava com a mão esticada e logo recebi a informação daquilo que ele pretendia fazer: uma prisão de água.

— Esses clones.. tão bem fraquinhos. - comentava com Zero.
Claro que estão, só têm 10% do poder original, idiota. Vamos descansar, estamos sem chakra. Respondia Zero, claramente irritado por não ter ganhado essa. Esse joguinho estava ficando legal.
— E eu não sei?! To morto. Vamos voltar para casa, mal perdedor.

Notas:
» Para quem não entendeu, Zero e Akuma são minhas personalidades múltiplas – sendo que Akuma está no controle do corpo principal e Zero em todos os clones, para poderem variar um pouco.


[FILLERS] Deca Star_ocean__the_last_hope_art_26
Thanatos

Espécie: Incomum.
Rank: S
Descrição: Thanatos é uma arma singular feita exclusivamente para Zero e suas habilidades incomuns. Assemelha-se a um bastão, porém com uma peça usada em suas pontas. A peça possui cinco “pontas” semelhantes a pequenas lâminas, estando quatro ligadas a si e a última na outra ponta do bastão, todas essas pontas conduzindo chakra de forma única, assim como o próprio bastão.
O manejador de Thanatos é capaz de alterar o posicionamento das pontas, dependendo apenas de uma pequena parcela de chakra (5), além de poder fazer uma mudança manual. Dependendo do posicionamento dessas pontas e o chakra investido, a arma ganha novas "formas".
Quando o chakra chega à alguma ponta, ela se envole em chakra, ganhando uma espécie de "lâmina de chakra" três vezes maior que o tamanho original da ponta (cerca de 20 centímetros).

Gasto: gasta-se 10 de chakra para alcançar cada ponta ou 60 para todo o bastão, sendo que existe um gasto contínuo referente a metade do inicial.
Formas: formas únicas e que alterem a capacidade inicial (como aumentando o tamanho das lâminas) podem ser criadas, mas apenas através de jutsus.
Nota: a imagem serve de base, mas a arma em si possui cores e formas um pouco diferentes, sendo adaptado para o descrito acima (a arma é predominantemente preta, possuindo alguns detalhes em vermelho e branco; a cor do chakra também não se altera).

_______________________

[FILLERS] Deca Tumblr_npejuknVff1r60zuio1_500
Simplicidade e realidade me encantam. Busco trazer isso no que escrevo. (plágio '-')
Ficha | Acompanhamento
-
Sory'
Sory'
Vilarejo Atual
Ícone : [FILLERS] Deca 100x100

http://narutorpgakatsuki.net

Re: [FILLERS] Deca - em 3/8/2016, 03:09

Originalidade: 7/10
Gramática: 9/10
Fluidez: 8/10
Interpretação: 8/10
Treinamento: 8/10
Total: 40/50

_______________________

Ficha
-
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: [FILLERS] Deca -

-


Edição de Natal por Loola e Senko.