:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Iwagakure no Sato :: Campo de Treinamento
12 Anos Online
O Nascer do Sol
Arco 01
Ano 12 DG
Inverno
Após a cisão que uniu o mundo, a separação de espólios pós-guerra pareceu muito promissora, mas mais para uns do que para outros. Kumo tomou como parte de seu território uma terra pequena que para muitos não tinha nada, mas, após uma investigação minuciosa feita por ninjas enviados pelo próprio Daimyou do Fogo, foi descoberta a vantagem que Kumo tinha em mãos: estavam em posse, ainda com vitalidade, do corpo de Hashirama Senju, este que foi considerado o maior shinobi em sua época. O Fogo começou uma campanha pessoal para descobrir mais sobre isso, o que acabou culminando em uma grande reunião entre os Senhores Feudais. Mas, no fim, sem nenhum acordo que fosse bom para todos os lados, uma declaração de Guerra Mundial foi feita, e o campo de batalha escolhido foi Otogakure. Forças do mundo inteiro estão agora marchando para Oto para travar aquela batalha que pode destruir toda a paz que foi conquistada há 10 anos.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

KG, Hirō. - Publicado 7/7/2016, 19:41

As gotas de chuvam caíram incessantes sobre um semblante abatido. Quanto tempo eu já estava ali, parado em meio a uma floresta obscura? Não sei dizer se haviam passados minutos, horas, ou dias. Afinal, a única coisa que preenchia minha percepção foram as últimas palavras do sapo. Hiro, você é o único que eu conheci que consegue ir além do que eu posso ensinar. Existe algo dentro de você… que… Parece conseguir alcançar um nível maior de poder. Porém, por eu não saber bem o que é, eu não posso te ensinar. Você precisa encontrá-lo sozinho, se assim desejar. Muito embora, aconcelho que busque um lugar calmo, e que olhe para seu interior.

—— Bem, aqui estou eu, seu sapo velho. —— Bufei, cuspindo umas gotas de água que escorriam pela minha face.

Estava sentado sobre uma pedra plana, incomodado tão somente pelo barulho de chuva batendo nas folhas, o vento soprando por entre as copas das árvores, e de alguns pequenos animais. Não precisava portanto de tanta concentração assim para fazer meu chakra fluir de maneira continúa e uniforme. Não demorou até que minha presença se tornasse tão intensa quanto uma fogueira noturna. Mas demoraria, de fato, até que eu descobrisse o que estava realmente procurando ali, ou dentro de mim.

A chuva parou e eu continuei ali.

A lua fez-se no ponto mais alto e eu continuei ali.

O sol chegou em seu eclipse e eu continuei ali.


É dificil encontrar algo que nem sequer sei o que é. Era possível que, em meio a minha busca, eu já estivesse encontrado-o várias vezes e descartado sem confiança. Como fazê-lo então? Retomei para o ínicio da minha concentração, e comecei tudo de novo. Não que tivesse uma método novo para fazer aquilo, era apenas mais uma tentativa qualquer diante as tantas falhas de outrora. Deixei meu chakra fluir tão fino quanto uma linha, tomando forma ao redor do meu corpo. Busquei em minha essência, em meu interior e raiz, nas próprias condições formadoras daquela energia, alguma coisa que pudesse usar para avivar meu poder. Em meu âmago: Nada, vazio, falha. Já tinha feito aquilo milhares de vezes, ainda que repetisse, nada vinha de diferente.

Cheguei a uma conclusão que só minha determinação distorcida era capaz de entender: Se não viesse por concentração, então viria por força! Fechei os olhos por dois segundos, acalmando minha sanidade que não queria ser acalmada. Ela responde de maneira previsível e esperada, explodindo em raiva e fugor. E, propositalmente, elevando a fina camada de chakra a uma chama azulada que mais parecia um vulcão em erupção.

Eis que, finalmente, eu percebo alguma coisa. Não era necessariamente algo diferente, apenas uma ligeira diferença entre o chakra de antes e o chakra de agora. Ele parecia mais… Forte. Mas, como? Deduzi que tinha alguma parte de mim que só trabalhava quando era agitada. Muito embora, sendo parte de mim, eu deveria e iria tomar o controle sobre quando essa agitação deveria ser formada, sobre quando ela deveria funcionar. Eu só precisava distinguir essa parte diferente do meu chakra normal. Sabendo que tinha que fazer, foi mais fácil fazê-lo afinal. Repeti esse processo mais duas ou três vezes, vendo de onde vinha esta anomalia, como ela surgia, e como se formava. Demorei, mas consegui, finalmente eu dominei uma parte de mim que eu nem sabia que existia. —— Obrigado. —— Terminei, agradecendo ao meu sensei que havia me mostrado esse meu poder desconhecido.

Porém, no fundo, agradeci também aos meus antepassados e origem, de onde vinha essa capacidade esplêndida.


Considerações.:
Treino para ativar minha KG. Link do clã: http://narutorpgakatsuki.com.br/t47937-shindo.

Hirō; HP:200, CK:200.

O autor desta mensagem foi banido do fórum - Mostrar mensagem

Resposta Rápida

Área para respostas curtas