Naruto RPG Akatsuki
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Bem-Vindo
Naruto rpgakatsuki
tópicos recentes
Inverno
O fim da guerra trouxe a paz, junto com a oportunidade das vilas prosperarem e crescerem. O Nascer do Sol se aproxima trazendo uma nova leva de Kages que querem expandir seu território. A primeira reunião dos Senhores Feudais está marcada, onde irão debater o futuro de Otogakure, atual colônia de Kumogakure e palco da última Grande Guerra.
11 DG
ShionFundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
AngeAnge, mais conhecida como Angell, é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
SenkoSenko, também jogador de RPG narrativo desde 2011, conheceu o Akatsuki em 2017, mas começou a jogar para valer em 2020, destacando-se pela sua prestatividade e suas habilidades em design e programação. É responsável por ajudar na criação de novos sistemas e regras além de fazer a manutenção do tema do fórum.
BlueJay#0529
BahkoBahko joga fóruns narrativos desde 2010. Após ficar muito tempo sem jogar, voltou em 2020 onde encontrou o Akatsuki. Desde então, vem auxiliando o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do fórum, é estudante de Engenharia Elétrica.
fransudo#7724
AkkeyJogador de RPGs narrativos desde 2012, Akkey (mais conhecido entre os players como Akihito) conheceu o Akatsuki em maio de 2020, encantando-se, acima de tudo, pela comunidade afetuosa e acolhedora formada pelos jogadores do fórum. Atualmente, é responsável por auxiliar no desenvolvimento e adequação das regras e sistemas do RPG, manutenção do tema e design do fórum e gestão da área de avaliação de criações. Fora do universo do Akatsuki, Akihito é graduando em Engenharia da Computação e atua profissionalmente como Desenvolvedor de Software.
wyalves#7702

Página 2 de 2Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Ícone
Convidado
Relembrando a primeira mensagem :

To the mountains - Página 2 ZJdy7a0
To the mountains - Página 2 O0GPAQK


Green Field
Um campo vasto e arborizado, repleto de vegetação até onde os olhos alcançam. Mesmo sendo uma beleza para os olhos, poucos conhecem sua localização ou sequer tem intenção de ir até lá para apreciá-la. Mas como todo bom campo de treinamento, possui faixas de grama faltando, sinais de desgaste por excesso de treinamento.

É recomendado que não sejam feitos treinamentos de grande escala nessa região, devido ao fato de haverem algumas construções ao longo do local, fazendo com que o campo possa ter algum civil à qualquer momento.


Última edição por Himiko em 17/11/2018, 00:38, editado 4 vez(es)
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo


Ícone
Yohanna
http://narutorpgakatsuki.net
Sentou com dificuldades numa cadeira com um tabuleiro em frente - Sente-se, vamos jogar. Xadrez é como a vida. - Fez sinal para que o garoto sente-se na cadeira a frente - Sou as pretas, pode começar. Seja frio como lhe ensinei. Calcule meus passos.

_______________________

__________

Ficha: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51748-yohanna-kurama#325580
Q&D: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51512-qd-yohanna#322974
Status: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51513-mudancas-de-status#322978
Criações: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51755-criacoes-yohanna#325696
M.F: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51968-m-f-yohanna#327824
Yohanna
Yohanna
Vilarejo Atual
To the mountains - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Ele me disse coisas clichês sobre xadrez e pediu que me sentasse, então o fiz. Eu usaria as peças brancas, então eu seria o primeiro a jogar. Calcular os passos dele em um jogo que não sou experiente seria difícil, mas me esforçaria ao máximo. Movi o peão duas casa para frente, tirando-o da d2 e colocando-o em d4.

Ps: Usa essa imagem aqui pra se orientar.

HP: 200/200 CH: 200/200 Vel: 10m/s

To the mountains - Página 2 5cEUOBI
Dragon Handle - 210RES
Espécie: Comum
Rank: B
Descrição: A Dragon Handle é uma espada personalizada, possuindo um cabo dividido em dois de tamanhos diferentes; há um molde de cabeça de dragão no topo do maior. Sua cor predominante é um verde escuro - com exceção do rubi simbolizando o olho de dragão ao fim do cabo - com marcas negras semelhantes a escamas de dragão. Apesar da lâmina quebrada, caso seu usuário possua habilidade em manuseá-la, ela se torna uma espada tão boa quanto uma espada inteira. Seu cabo diferenciado ainda permite que a espada seja usada como um soco-inglês, dependendo de como for segurada. Ela vem acompanhada de uma bainha de couro, que pode ser colocada nas costas do usuário ou presa em sua cintura.
[/quote]
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Yohanna
http://narutorpgakatsuki.net
O velho iniciou a partida, derrubando algumas peças e perdendo algumas - Você me parece bom.

_______________________

__________

Ficha: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51748-yohanna-kurama#325580
Q&D: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51512-qd-yohanna#322974
Status: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51513-mudancas-de-status#322978
Criações: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51755-criacoes-yohanna#325696
M.F: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51968-m-f-yohanna#327824
Yohanna
Yohanna
Vilarejo Atual
To the mountains - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
- É mesmo ? Obrigado, mas o senhor também não é nada mau. - Ele jogava realmente bem, mas de alguma forma a minha percepção estava diferente de quando jogava com Baltra antigamente, eu conseguia de fato saber os movimentos certos à fazer e isso me tornava imbatível. Eu estava de fato conseguindo prever algumas jogadas do velho, eu estava prestes a talvez vencê-lo, movi meu bispo de forma a pressioná-lo - Xeque. - Mais alguns movimentos talvez indicassem a vitória.

HP: 200/200 CH: 200/200 Vel: 10m/s

To the mountains - Página 2 5cEUOBI
Dragon Handle - 210RES
Espécie: Comum
Rank: B
Descrição: A Dragon Handle é uma espada personalizada, possuindo um cabo dividido em dois de tamanhos diferentes; há um molde de cabeça de dragão no topo do maior. Sua cor predominante é um verde escuro - com exceção do rubi simbolizando o olho de dragão ao fim do cabo - com marcas negras semelhantes a escamas de dragão. Apesar da lâmina quebrada, caso seu usuário possua habilidade em manuseá-la, ela se torna uma espada tão boa quanto uma espada inteira. Seu cabo diferenciado ainda permite que a espada seja usada como um soco-inglês, dependendo de como for segurada. Ela vem acompanhada de uma bainha de couro, que pode ser colocada nas costas do usuário ou presa em sua cintura.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Yohanna
http://narutorpgakatsuki.net
E finalmente o jogo acabou - Muito bem, você parece ter adquirido a maneira de pensar dos mais altos intelectos. Continue assim e será um gênio. Agora saia, quero dormir, pois tudo isso me deu sono.

Treino Aprovado

_______________________

__________

Ficha: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51748-yohanna-kurama#325580
Q&D: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51512-qd-yohanna#322974
Status: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51513-mudancas-de-status#322978
Criações: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51755-criacoes-yohanna#325696
M.F: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51968-m-f-yohanna#327824
Yohanna
Yohanna
Vilarejo Atual
To the mountains - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
A vitória era minha, havia avaliado meu adversário e lido meus movimentos até derrotá-lo. Eu podia dizer que estava mais inteligente, isso era óbvio. Levantei-me da cadeira e o agradeci pelo que havia feito por mim, sai de sua casa para deixá-lo repousar, enquanto saia pela porta para talvez continuar meu treinamento.

HP: 200/200 CH: 200/200 Vel: 10m/s

To the mountains - Página 2 5cEUOBI
Dragon Handle - 210RES
Espécie: Comum
Rank: B
Descrição: A Dragon Handle é uma espada personalizada, possuindo um cabo dividido em dois de tamanhos diferentes; há um molde de cabeça de dragão no topo do maior. Sua cor predominante é um verde escuro - com exceção do rubi simbolizando o olho de dragão ao fim do cabo - com marcas negras semelhantes a escamas de dragão. Apesar da lâmina quebrada, caso seu usuário possua habilidade em manuseá-la, ela se torna uma espada tão boa quanto uma espada inteira. Seu cabo diferenciado ainda permite que a espada seja usada como um soco-inglês, dependendo de como for segurada. Ela vem acompanhada de uma bainha de couro, que pode ser colocada nas costas do usuário ou presa em sua cintura.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Sentado sobre a grama, para variar um pouco, já que estava cansado de sentar-me sobre aquela mesma rocha todas as vezes, observava o céu azul como o mar, pensando em possíveis estratégias para conseguir vencer esse exame chunin. Não sou o tipo de cara que ataque primeiro, não sou do tipo que luta sem um verdadeiro motivo, mas e se os outros forem os primeiros a me atacar ? Pensei nisso por algum tempo, imaginando uma forma de me defender de ofensivas inimigas, foi quando me lembrei de uma velha frase que vivia ouvindo dos ninjas experientes que caminhavam de um lado para o outro na academia, "a melhor defesa é o ataque", dando-me conta do que precisava ser feito - Uma técnica de reflexão, devolver a técnica inimiga para o seu dono.

- Mas como será que eu faço isso ? - Me indaguei, para treinar algo do tipo eu precisaria de alguém para me atacar, já que precisaria refletir uma técnica inimiga. Mas me preocupando mais com o básico primeiro, deveria pensar em como faria uma técnica inimiga mudar sua trajetória, me lembrando então de meu treinamento com o velho sábio. Meu treinamento focava principalmente no controle do chakra e eu usá-lo para diversos fins, principalmente em concentrá-lo e comprimi-lo, disparando-o e movendo-o. Isso talvez pudesse funcionar, só precisaria concentrar o chakra em um ponto específico e rebater a técnica inimiga usando a minha própria energia. Retirei a espada velha da bainha, só para então perceber que ela possuía nada mais do que uma lâmina quebrada - Aquele Baltra, me deu uma espada quebrada ? - Estava surpreso, mas era melhor descobrir isso agora do que descobrir durante um embate.

Com a espada em mãos, comecei a focar meu chakra em sua lâmina, que por conta do tamanho era mais fácil de energizar. O foco e concentração aumentaram o fluxo apenas o suficiente para acumular a energia no fio, possibilitando então começar o treinamento com uma técnica de verdade. Por uma questão de milagre ou simplesmente conveniência, uma jovem passava por ali perto, ela parecia ser uma shinobi, pois possuía uma bandana em sua testa e vestia um estranho colete que provavelmente pertenceria a um chunin. Me aproximei dela para puxar assunto - Ei, será que você não se importaria de me ajudar com meu treinamento ? Eu realmente preciso de alguém para me auxiliar - Juntei minhas mãos para mostrar que estava disposto a implorar se necessário, abaixando a cabeça em sinal de respeito assim que terminei de falar.

- Bom...não estou fazendo nada mesmo! Irei ajudá-lo, o que precisa ? - Ela parecia de fato contente em me ajudar, isso seria de grande ajuda, então expliquei para ela o que ela precisava fazer e especifiquei que se possível, não usasse nada que pudesse me matar, já que gostaria de permanecer vivo caso a técnica falhasse. Me posicionei alguns metros de distância e firmei minha espada em mãos, já sabia o que deveria ser feito na teoria, então já poderíamos começar com a prática - Pode mandar! - Vociferei.

- Tudo bem! - Fez alguns selos e disparou uma onda elétrica contra mim, a lâmina já preparada e energizada se chocou contra a grande massa de eletricidade, não conseguindo sequer movê-la alguns centímetros. Fui arremessado alguns metros para trás, enquanto a eletricidade seguia um pouco além antes de se dissipar no ar, minha primeira falha havia ocorrido, mas ainda não estava pronto para jogar a toalha. Me levantei e pedi que recomeçássemos, sendo então alvejado pela mesma técnica elétrica de outrora, mas dessa vez foquei um pouco mais de chakra na lâmina, chocando-a contra a técnica em seguida, que para minha surpresa, foi dividida ao meio, atingindo uma árvore próxima e o solo simultaneamente.

- Talvez se eu focasse menos na espada e mais ao seu redor, pudesse funcionar. - Focar muito chakra na lâmina apenas a deixava mais afiada e isso não era o que queria, para refletir uma técnica, teria que focar o chakra ao redor da espada e não nela. Acenei para a moça e pedi que tentássemos mais uma vez, mas dessa vez, respirei fundo e fechei os olhos, mantendo a concentração afiada e esperando o momento certo. O rugido do trovão podia ser ouvido mais uma vez, dessa vez eu já sabia o que de fato deveria fazer, então com um só movimento, aparei a técnica, desviando-a para os céus, onde se dissipou mais uma vez. Guardei minha espada e sorri, agradecendo a moça em seguida, já que a técnica havia sido de fato aprendida com sucesso graças à ela.

HP: 200/200 CH: 182/200 Vel: 10m/s

To the mountains - Página 2 5cEUOBI
Dragon Handle - 210RES
Espécie: Comum
Rank: B
Descrição: A Dragon Handle é uma espada personalizada, possuindo um cabo dividido em dois de tamanhos diferentes; há um molde de cabeça de dragão no topo do maior. Sua cor predominante é um verde escuro - com exceção do rubi simbolizando o olho de dragão ao fim do cabo - com marcas negras semelhantes a escamas de dragão. Apesar da lâmina quebrada, caso seu usuário possua habilidade em manuseá-la, ela se torna uma espada tão boa quanto uma espada inteira. Seu cabo diferenciado ainda permite que a espada seja usada como um soco-inglês, dependendo de como for segurada. Ela vem acompanhada de uma bainha de couro, que pode ser colocada nas costas do usuário ou presa em sua cintura.

To the mountains - Página 2 Qg5yZkC
Full Counter
Rank: C
Requerimentos: Grande controle de chakra e Inteligência Aguçada.
Duração: Instantânea.
Descrição: O Full Counter permite ao usuário refletir qualquer ataque, físico ou elemental destinado a ele com muito mais poder. Portanto, quanto mais poderoso for o ataque, mais versátil e perigoso se torna o contra-ataque. Contundo, o usuário limita-se a refletir ninjutsu, taijutsus ou variantes que utilizem "energia", ou seja, é impossível um reles soco ou um golpe de espada. A técnica se torna possível graças ao perfeito controle de chakra do usuário, sendo capaz de oprimir as técnicas inimigas apenas chocando seu chakra contra elas. Ao fazer isso, o chakra utilizado acopla-se na técnica, ampliando seu poder ao retornar.

Apesar dos pontos positivos, o Full counter possui alguns problemas: O usuário não pode iniciar o ataque; é quase impossível refletir uma técnica caso o oponente impeça, de alguma forma, do usuário calcular o timming e a natureza da técnica a ser refletida; é necessário um canalizador para a técnica, que pode variar desde uma arma até os braços do usuário.
Notas: - Pode refletir técnicas de até um rank acima, aumentando seu dano baseado no rank usado para defendê-la.
- Só pode ser utilizado uma vez por turno, defendendo um único jutsu ou uma combinação destes, caso extremamente próximos.
- Não é possível defender técnicas indiretas, tais como som ou genjutsus.
- Quanto as técnicas refletidas, caso possuam o fator do usuário "controlar sua rota" este a perderá automaticamente.
- Não defende mortais.
- Usar o corpo como canalizador acarreta em metade do dano da técnica ao usuário.
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Yohanna
http://narutorpgakatsuki.net
Aprovada

Na próxima menos rodeio e seja mais objetivo. E favor criar o NPC na área de NPCS.

_______________________

__________

Ficha: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51748-yohanna-kurama#325580
Q&D: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51512-qd-yohanna#322974
Status: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51513-mudancas-de-status#322978
Criações: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51755-criacoes-yohanna#325696
M.F: http://narutorpgakatsuki.com.br/t51968-m-f-yohanna#327824
Yohanna
Yohanna
Vilarejo Atual
To the mountains - Página 2 100x100

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado


Makoto (誠, Sincerity)
Dados todas as desavenças com os inimigos de Konoha, Hipátia-dono se preocupava que uma nova frente pudesse se formar, invadindo a vila mais uma vez. Se inimigos fortes invadissem o vilarejo, quantas baixas aconteceriam? Eu me indagava, era impossível saber. Minha única certeza é que deveria treinar e em tornar mais forte, muito mais forte, para poder defender meu vilarejo, minha terra natal de possíveis atrocidades que pudessem vir a ocorrer.

Caminhei pelos campos verdes da vila, chegando a um local afastado. As pequenas construções em volta indicavam a presença de habitantes, mas não estava ali para destruir nada, então as estalagens ficariam bem. Estava ali para construir, na verdade. Iria remodelar meu corpo, ganhando alguma força e possivelmente alguma massa muscular. Comecei do mais básico, me ajoelhando no solo, com a grama ainda um tanto úmida, graças ao sereno, mantendo apenas as palmas das mão e os joelhos encostados no chão. Comecei do princípio, fazendo algumas flexões. Três sequências de quinze, seguidas de um breve descanso, eram o suficiente para que começasse a suar logo de cara. Mantive a compostura por cerca de sete sequências, antes que os braços tratassem de fraquejar e tremer. A respiração ofegante exalava uma quantia modesta de vapor, já que o leve frio da noite se fazia presente.

Meus trajes de treino não me esquentavam devidamente, já que esse seria o trabalho do próprio treino. Com cansaço excedente, me joguei para o lado, caindo no chão de costas, para fazer uma pausa. Respirei fundo diversas vezes, buscando oxigênio mais do que qualquer coisa. Meus braços doíam e meu pulmão ardia como nunca antes. Não podia parar em um só exercício, no entanto, então depois de alguns minutos de descanso, me levantei e comecei a correr. Achei uma trilha próxima e comecei a segui-la, correndo pela mesma, em círculos, quantas vezes fosse capaz antes de me cansar, apenas para continuar, mesmo com a fadiga devorando meu corpo por completo. Apenas na quinquagésima volta, meu peito doía demais para prosseguir, então me atirei no chão novamente, dando mais alguns minutos de repouso, assim como antes.

Me dei algum tempo a mais de repouso, visto que o próximo treino não era nem um pouco simples, então precisaria de toda minha energia para ele. Com a respiração regulada, pulei para uma árvore próxima, uma que não fosse tão alta e que os galhos fossem sólidos e firmes. Me prendi a um galho com as pernas, de cabeça para baixo, onde realizaria abdominais. Puxava o ar quando a cabeça estava no alto e soltava quando me esticava para baixo, impedindo que me engasgasse. Fiz algumas sequências, talvez cinquenta, talvez quarenta, eu havia simplesmente parado de contar depois da décima quinta.

Me aproveitei do galho e já mudei para o próximo treino, ali mesmo. Me joguei no ar, agarrando o galho com a mão, após uma pirueta que não conseguiria reproduzir igualmente nem em quinhentos anos. Agarrada ao galho, fazia força para jogar o corpo para cima, como se estivesse em uma barra fixa. Simplesmente, não aguentaria esse tipo de treinamento intenso antes, mas a nova eu, determinada como nunca para proteger os demais, não se deixaria abalar por simples cansaço físico, não importava a dor em meus músculos, isso não me impediria de continuar em frente, treinando até obter resultado.

Na quinquagésima vez, me joguei do galho, caindo de pé no solo. Me sentei um pouco, escorada em uma árvore, para respirar e me acalmar. O calor de meu corpo era o suficiente para que não sentisse mais frio, enquanto cada expiração, liberasse um jato de vapor, algo que só aconteceria naquela estação ou na próxima, aonde completaria meu primeiro ano de vida. Era difícil acreditar que conhecia Freyja e Hipátia há quase um ano, o tempo havia voado completamente. De uma criança ingênua e frágil para o que havia me tornado, estava orgulhosa de mim mesma e esperava deixar os outros com esse mesmo sentimento.

Me levantei, forçando meus braços contra o solo. Não haviam mais muitos treinos para realizar, então pensei em talvez, pular logo para os mais cansativos, já que eles fariam efeito mais rapidamente. Lembrei-me de ter visto algumas árvores caídas no caminho até ali, então fui atrás de alguma para servir de peso. Vi algumas árvores palito, carinhosamente apelidadas assim devido ao seu tamanho, um tanto menores do que as outras. Havia uma tombada e outro interessante ainda de pé. Me preocupei em treinar com a já derrubada, que possuía pouco mais do que cinco metros, talvez seis. Seu peso não era tão alto, mas provavelmente, não conseguiria sequer movê-la sem o treinamento de antes. Firmei minhas mãos abaixo do tronco, segurando-a logo no meio. Usei o máximo de força possível, movendo-a alguns centímetros acima do solo, soltando o tronco em seguida, criando um leve estrondo.

A outra árvore era menor, talvez tivesse uns quatro metros. Seu peso com certeza seria menor, mas primeiro, deveria tirá-la do solo. Com as mãos nuas, soquei a árvore, diversas vezes, criando pequenos buracos no tronco. Os pequenos buracos foram aumentando de tamanho, mas também se coloriam com um pouco de sangue que derramava-se de meus punhos. Após vários socos, o último quebrou todo o restante, rachando a árvore no meio e a derrubando rapidamente. O estrondo foi alto, muito mais alto do que o produzido pela queda da outra árvore. A regeneração de meu clã deu um jeito no sangramento, deixando meus punhos novos em folha outra vez. Me aproximei de tronco recém derrubado e o abracei, tirando-o do solo com toda força, levantando e em seguida, fincando-o no solo, até que ficasse seguro que ele não cairia novamente. Assim, meu treino estava encerrado. Apenas sequei minha testa, ofeguei uma última vez e parti para casa.

> Treino de 2 pontos em força. 969 palavras.


Considerações:
• Aparência de Rimuru Tempest. Imagem para referência na ficha.
• Bandana no pescoço, como um colar.
• Bolsa de armas presa à cintura, na parte traseira.
• Máscara, caso não vestida, presa à lateral do cabelo.
Utilizado:
——
Equipamentos:

To the mountains - Página 2 VKX7VXN
Arashi Kamen
Rank: S.
Descrição: Arashi Kamen (嵐仮面, Tempest Mask) é uma máscara única de madeira, sendo, no entanto, incrivelmente resistente. Possui fibras de chakra por toda sua extensão, o que explica sua rigidez e durabilidade. O item é portador de um selamento em seu núcleo, sendo este parte da máscara toda, sendo impossível desfazê-lo sem destruí-la. O selamento permite que o usuário se torne indetectável por um sensoriamento de chakra normal, sendo apenas possível fazê-lo por meio de dōjutsus ou kagura shingan, por ser mais preciso. O usuário gasta vinte pontos de chakra por turno para manter a habilidade.

Hip-Pouch:
06 Senbons [03]
04 Kunais [04]
08 Shurikens [08]
20 Kibaku Fuudas [05]
HP: 800| 800 CH: 800| 800 ST: 00| 09RC: 800
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
@
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado


Makoto (誠, Sincerity)
Saindo do escritório de Joe, pensei que talvez esperar alguns dias fosse atrasar meu fortalecimento. Devia me virar como podia no momento para me fortalecer. Lembrei-me da velocidade surpreendente do sujeito na floresta da tempestade, pensando repetidamente que se fosse mais rápida, poderia ter evitado aquele golpe que quase me matou. Coloquei a mão sobre meu peito, onde o corte havia sido feito, ficando impressionada com o fato de que poderia estar morta se não fosse o que sou, então deveria abraçar meu lado sombrio com todas as forças, já que era ele quem me manteria viva.

Caminhei inconscientemente até o campo de treino onde estava antes. Olhei ao redor, estava literalmente no mesmo local de outrora, a árvore fincada no solo indicava isso como nada. Estava decidida a aumentar minha velocidade e só sairia dali quando notasse alguma diferença. Comecei a correr a mesma trilha que havia feito cerca de cinquenta vezes, correndo sem parar, cerca de outras cinquenta vezes, para aquecer meu corpo.

A quinquagésima volta foi dada e a respiração ofegante exalava o vapor característico da noite. Estava pronta para começar o verdadeiro desafio, então fui até um ginásio e peguei alguns pesos emprestados. De volta no campo, amarrei os pesos nas pernas, sentindo a diferença de imediato. Não conseguia levantar muito as pernas e me sentia uma verdadeira lesma ao tentar me mover. Coloquei alguns pesos mais leves nos braços também, para tornar o corpo todo mais pesado e equilibrar. Com tudo pronto, comecei a refazer a trilha, começando visivelmente mais lenta do que nas outras vezes, fazendo a musculatura trabalhar mais e adquirir mais resistência.

Cada volta era feita mais facilmente do que a anterior, mas já na vigésima, eu queria desistir, conforme o cansaço consumia meu corpo e fisgava meu pulmão. A tentação não me afetaria, no entanto, já que a dor era uma velha amiga a essa altura e não desistiria de meu objetivo por causa dela. Na quadragésima volta, minha velocidade já se equiparava a velocidade normal, então presumi que se tirasse os pesos agora, estaria mais rápida, mas me contive e continuei a correr. Foi quando cheguei na quinquagésima volta que me senti livre, como se os pesos sequer estivessem ali, tornando o treinamento um sucesso. Tirei os pesos dos braços e os coloquei nas pernas, tornando-as mais pesadas para continuar.

Fui até um local rochoso, para encontrar alguma rocha grande o bastante para carregar, encontrando uma de possivelmente três metros. A levantei, com certa dificuldade e a coloquei nas costas. Corri de volta para o campo de antes, novamente lenta como um caracol. Ao refazer o trajeto outras vinte e cinco vezes, notei a leveza do meu ser elevada ao extremo, então ao retirar os pesos e jogar a pedra para longe, notei que estava mais rápida de fato, e portanto, mais forte também. Devolvi os pesos para o ginásio e fui para casa, o suor em meu corpo precisava ser removido imediatamente.

> Treino de 1 ponto em velocidade. 495 palavras.


Considerações:
• Aparência de Rimuru Tempest. Imagem para referência na ficha.
• Bandana no pescoço, como um colar.
• Bolsa de armas presa à cintura, na parte traseira.
• Máscara, caso não vestida, presa à lateral do cabelo.
Utilizado:
——
Equipamentos:

To the mountains - Página 2 VKX7VXN
Arashi Kamen
Rank: S.
Descrição: Arashi Kamen (嵐仮面, Tempest Mask) é uma máscara única de madeira, sendo, no entanto, incrivelmente resistente. Possui fibras de chakra por toda sua extensão, o que explica sua rigidez e durabilidade. O item é portador de um selamento em seu núcleo, sendo este parte da máscara toda, sendo impossível desfazê-lo sem destruí-la. O selamento permite que o usuário se torne indetectável por um sensoriamento de chakra normal, sendo apenas possível fazê-lo por meio de dōjutsus ou kagura shingan, por ser mais preciso. O usuário gasta vinte pontos de chakra por turno para manter a habilidade.

Hip-Pouch:
06 Senbons [03]
04 Kunais [04]
08 Shurikens [08]
20 Kibaku Fuudas [05]
HP: 800| 800 CH: 800| 800 ST: 00| 09RC: 800
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Convidado
Convidado
Anonymous
Convidado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Ícone
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos