:: Mundo Ninja :: Mapa Mundi :: Sunagakure no Sato :: Campo de Treinamento
O Dia Mais Claro
Arco 02
Ano 13 DG
Verão
Com o fim da guerra em Oto, o mundo estava se reajustando uma vez mais. Embora se vendo como inimigas, as Cinco Grandes Nações se reergueram novamente, cada uma à sua maneira. Suna e Iwa ainda se mantinham sem Kages, e em cada uma um conselho de alto nível foi formado. Em Kumo, Kagaya focou em deixar seus ninjas mais poderosos e passou a exigir deles ainda mais comprometimento em batalha. Kaden, mesmo emocionado com a difícil vitória, levou novas esperanças à sua vila, Konoha, e, aliviado pela renúncia de Kamata ao posto de Senhor Feudal, via na nova Senhora do Fogo uma forma de deixar tudo que aconteceu em Oto enterrado em Oto, para que todos seguissem em frente, para o futuro. Em Kiri, Jyu apresentou um novo investimento, e, agora, a vila investia na área cientifica, trabalhando com engenharia genética e mecânica; um jovem engenheiro, Moira O'Deorain, lançava um produto que alavancaria Kiri e todo o mundo ninja, sua nova criação: “Vita”. Ao mesmo tempo, saindo das sombras, a organização privada HYDRA se apresentava ao mundo, investindo pesado em tecnologia e criações para torná-lo um lugar melhor.
... clique aqui para saber mais informações
Shion
Fundador do RPG Akatsuki, Shion é responsável por manter o bom funcionamento de todas as áreas do fórum há mais de 10 anos. Completamente apaixonado por RPG e escrever, hoje é o principal responsável pelo desenvolvimento de toda a trama desse universo baseado na arte de Kishimoto.
Shion#7417
Angell
Angell é jogadora de RPG narrativo desde 2011. Conheceu e se juntou à comunidade do Akatsuki em fevereiro de 2019, e se tornou parte da administração em outubro do mesmo ano. Hoje, é responsável por desenvolver, balancear, adequar e revisar as regras do sistema, equilibrando-as entre a série e o fórum, além de auxiliar na manutenção das demais áreas deste. Fora do Akatsuki, apaixonada por leitura e escrita, apesar de amante da música, é bacharela e licenciada em Letras.
Angell#3815
Oblivion
Oblivion é jogador do NRPGA desde 2019, mas é jogador de RPG a mais de dez anos. Começou como narrador em 2019, passando um período fora e voltando em 2020, onde subiu para Moderador, cargo que permaneceu por mais de um ano, ficando responsável principalmente pela Modificação de Inventários, até se tornar Administrador. Fora do RPG, gosta de futebol, escrever histórias e atualmente busca terminar sua faculdade de Contabilidade.
Indra#6662
Salvatore
Salvatore é parte da comunidade de RPG narrativo desde meados de 2013. Conheceu o Akatsuki nessa época, mas começou a fazer parte como jogador ativamente em 2021, sempre com muita dedicação e compromisso com o fórum. Hoje, atua no fórum como narrador e administrador, focado nas partes administrativas do ON. Fora do fórum se considera um amante de futebol, adora cozinhar pratos exóticos e é estudante de Engenharia Civil.
Salvatore#1234
Sr. L
Sr.L apelido recebido pelos players do fórum, devido ao seu sobrenome Sinhorelli, joga em fóruns narrativos desde 2010. Encontrou o Akatsuki no final de 2020, mas manteve-se ativo no início de 2021. Desde então se empenhou como player e se sentiu na obrigação de ajudar os demais e hoje auxilia o fórum como Narrador, Moderador e Administrador. Fora do forum, trabalha e possui formações acadêmicas, voltadas a área de gestão de pessoas.
Sinhorelli#1549

Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Shz, Jutsus. - Publicado 2/5/2016, 15:27

~
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Shz, Jutsus. - Publicado 2/5/2016, 17:09

Além do meu ego já consertado, a minha ultima incursão em uma missão havia quebrado também minha auto confiança. Ousei julgar minhas habilidades aptas suficientes para realizar qualquer missão, e quando coloquei-as em prática o resultado fora completamente diferente do esperado. Um gênio em estratégias, um acéfalo em executá-las. Eu precisava expandir minha consciência para além da própria ciência, para algo talvez mais bruto, porém não menos importante, o essencial ninjutsu. Entretanto, ainda assim, não neguei minhas raízes e fui procurar a resposta anterior na essência da problemática: Livros.

Caminhei até a biblioteca central da vila em busca de páginas amassadas sobre jutsus esquecidos. Aqueles fáceis de se aprender, e sempre importantes de ter em seu arsenal justamente pela sua simplicidade e capacidade de progressão. Achei justamente o necessário, Suna Bushin. Auxiliar, ofensivo, defensivo, e extremamente estratégico. Era o que eu iria aprender por hoje.

[...]

Assim que sai da biblioteca, num canto qualquer da vila que eu chamava de casa, comecei a executar as tarefas delimitadas pelo jutsu escolhido. Primeiro, concentrei meu chakra na areia que me circundava e transmiti minha vontade ainda mal delimitada. Uma breve poeira se levantou, mas ainda sem qualquer forma. A segunda tarefa parecia uma pouco mais intuitiva, senão óbvia, dizendo para inscrever minha vontade através dos mesmos princípios de um bushin normal. A areia levantada adquiriu o formato desejado, muito embora sua densidade estaria longe do esperado. O terceiro e último apontamento era simplesmente esforço sobre o controle de chakra. E assim o fiz.

Repetição. Por quase três horas eu estive ali praticando aquela técnica oportuna.

Ergui parte daquela terra sobre minhas mãos. Apertei com tanta força que parte dela escapou por entre meus dedos. Porém, outra parte, ficou extremamente esmagada e junta. Talvez aquele fosse o estopim necessário, ou ainda apenas uma metáfora deste. Seja como for, meu chakra canalizou-se de maneira certa, como se esmagasse a próprio pó, formando finalmente o clone de areia.

Menos cientista, e mais shinobi. Porém, sempre mais forte.

~
Considerações e afins.:
Peguei o pergaminho do Suna Bushin na biblioteca da vila, depois treinei. Discontei chakra pelo treino, e pela consequente utilização.


Suna Bunshin
Rank: B
Descrição: Esta técnica é usada para criar clones em forma de si mesmo ou outros, utilizando areia como um meio. A forma do clone pode ser alterada instantaneamente na areia, e do corpo do inimigo pode ser preso. Suas muitas aplicações com ataques de longo alcance podem agir como uma isca e um chamariz. Devido às propriedades da areia, Gaara foi capaz de utilizá-la como uma armadilha, escondendo pó de ouro dentro dela. Este é o lugar onde ele desenha a linha com outros clones.

Shizō: HP: 200, CH:125.
Shz, Jutsus. 100x100

MilhouseGrunge
MilhouseGrunge
Vilarejo Atual
Shz, Jutsus. 100x100

Re: Shz, Jutsus. - Publicado 4/5/2016, 15:13

~ Treino aceito ~

_______________________


Legenda: "Pensamento", "- Fala" e Ações.

Shz, Jutsus. 0e33459c71fcc8d7842dda8be456aab3
~ Ficha ~
Convidado
Convidado
Anonymous
Vilarejo Atual

Re: Shz, Jutsus. - Publicado 31/5/2016, 02:10

Usar aquele poder já era bastante radioativo. Para conseguir aquela velocidade sobrenatural, e aquela força monstruosa, eu tinha que abrir mão de algo bem mais importante, minha sanidade. Eu ficava completamente cego por combate, tomado por uma fúria sem sentido, apesar de costumeiramente oportuna. Sendo assim, se fosse para adquirir drásticas desvantagens, eu teria que adquirir ainda mais drásticas vantagens. Tentaria, portanto, desenvolver uma habilidade que fizesse daquela fera ainda mais mortífera ou, pelo menos, por mais tempo. E, de maneira resumida, eu só faria o que ela já faz. Injetei um remédio e ativei definitivamente minha habilidade. Reconheci meus novos poderes de maneira incosciente, e tentei trazê-los da maneira que estava acostumado. Multipliquei e manipulei minhas células para lá e para cá.

O mais difícil agora seria focalizar nas células que eu queria: Eu tentaria fazer com que meus remédios e venenos injetados outrora, tornassem-se mais longos, para que enquanto naquele estado eles ainda tivessem efeito, e intensificassem ainda mais a ferocidade daquele monstro. Sendo assim, portanto, concentrei-me nas células que queria que fossem afetadas. Meu foco deu-se a partir dos músculos, principais afetados. Logo depois, desativei a habilidade, e fiquei correndo por um longo tempo até o limite estimado do remédio chegasse. E realmente chegou, confirmando a falha na tentativa anterior.

Repeti o processo, injetando outro remédio e ativando a habilidade. A grande dificuldade era ter a concentração necessária para criar tantas multiplicações de tamanho ínfimo, e de maneira ágil. Falha. Repetição. Falha. Repetição. Falha. Repetição. Falha, e já se foram quatro ou cinco ampolas.

Eu soquei aquelas árvores com raiva absurda.

Eu não sabia se era a minha falha que me fazia enfurecer, ou se era apenas um efeito normal daquela condição. De qualquer forma, no único momento que tive de controle, minha consciência pareceu eficaz o suficiente para bolar uma ideia: Se eu não consigo focalizar, vou aumentar  a multiplicação e ir diminuindo gradativamente. Concentrei-me novamente de maneira pontual, transformando quase meu corpo todo. Quando terminei, pude notar um aumento na duração do medicamento. Repeti, de maneira menor. Consegui. Repeti, de maneira menor ainda. Quando encontrei o limite entre conseguir e não conseguir, eu pude definir uma quantidade e especificação exata. E, assim, eu já podia fazer aquilo de maneira concentrada. Por mais tempo eu seria mais veloz, e mais forte, e mais monstruoso.

Eu soquei aquelas árvores com raiva absurda.

[...]

Eu não sabia se era o meu sucesso que me fazia comemorar, ou se era apenas um efeito normal daquela condição.

Aquele treino no geral foi bastante cansativo. Quase tudo que se fazia dentro daquele modo descontrolado era cansativo. O corpo parecia cansado e esgotado, como se estivesse no limite. Apesar de conceder um bônus no momento da ativação, utilizá-lo de maneira ampla e geral, trazia diversos consumos extras. E eu precisava sanar esse defeito, se não todas as minhas lutas de resumiria em uma vitória rápida e monstruosa, ou um derrota duradoura e fracassada.

Utilizei, portanto, o mesmo processo que tinha feito anteriormente: Multiplicação celular para criar crateras pelo corpo. Não precisei criar muitas, afinal, queria exatamente as maiores que fossem. Dessa vez, eu não iria expelir chakra natural por elas para conseguir impulso, como normalmente já conseguia. Eu iria fazer exatamente o oposto, me concentrar em reproduzir o que já se fazia no momento da ativação: Absorver o chakra natural.

Concentrei-me e, primeiramente, pequenas quantidades de chakra foram absorvidas. De maneira geral, não foi uma falha tão complexa. Eu havia conseguido fazer, porém não de maneira correta. Portanto, o que eu precisava era somente repetir aquele processo até conseguir masterizar aquele técnica. As três primeiras utilizações erradas foram bastante sofridas, afinal, consumiam mais chakra do que produziam. Porém, a partir da quarta, eu pude ver uma vantagem na utilização, adicionando um extra à minha reserva, ao invés de retirar.

Continuei o processo de repetição até atingir um limite, onde todas as técnicas passaram a conceder a mesma quantidade de chakra.  Era meu limite corporal, exatamente como no treino anterior. Ou seja, eu não conseguia passar daquele montante, ainda que treinasse ao máximo.

Comemorei meu sucesso utilizando a técnica mais uma vez, e me sentindo completamente rejuvenescido.

~
Considerações e afins.:
Treinei os dois jutsus aê. Criação aqui.


Extend
Rank: B
Descrição: Variação da própria habilidade de manipulação celular provida pelo Senninka. De maneira geral, o usuário replica as células afetadas por algum medicamento ou veneno, e as mantém dentro do próprio corpo, fazendo assim com que o efeito destes itens permaneçam por muito mais tempo que o normal. Aliás, o efeito replicado é propositalmente escolhido para ser vantajoso ao usuário.

Resumidamente, um jutsu criado com a única função de estender a duração de medicamentos e venenos. E, portanto, possui duração elevada de três posts. Este jutsu possui um tempo de descanso de dois posts. Importante ressaltar que qualquer malefício do medicamento ou veneno é aplicado normalmente, porém apenas o benefício é escolhido para a replicação.

Rage Incarnate
Rank: B
Descrição: Cria-se quatro crateras nas costas do usuário. Estas crateras, por sua vez, atuam como receptores extras do chakra da natureza, criando assim meios de absorção efetivos, porém momentâneos.

A absorção é baseada na inteligência. A cada um ponto no atributo, equivale a trinta pontos de chakra absorvido por post. Duração de um único post.

Shizō: HP: 200, CH:200.
Shz, Jutsus. 100x100

Senju Inazuma
Senju Inazuma
Vilarejo Atual
Shz, Jutsus. 100x100

Re: Shz, Jutsus. - Publicado 31/5/2016, 15:03

Aprovado
Jutsus aprendidos

_______________________



"A Vontade do Fogo deve servir para Proteger e não para Queimar."

FICHA | BANCO
Conteúdo patrocinado
Vilarejo Atual

Re: Shz, Jutsus. - Publicado

Resposta Rápida

Área para respostas curtas